Fechando o período em alto estilo…

Nada como fechar o semestre com uma clássica demonstração da decadência carioca e mais uma evidência de que evitar aborrecimento só traz mais aborrecimento.

Comecei o dia com o 636 fazendo suas típicas merdas, não podia ir a pé para pegar o segundo ônibus porque estava praticamente virado e com mochila pesada e achei que isso ia melhorar minha vida. Mas eu conheço bem esse 636 e sei que o serviço é top de linha das empresas daqui, só que com a linha de cabeça pra baixo e só consegui pegar o quarto que passou: o primeiro passou direto, o segundo parou e lotou (e eu não tava a fim de pegar o ônibus em movimento, já que é isso que acontece quando o motorista tem que esperar mais que 5 minutos para o embarque dos passageiros) e o terceiro passou por fora enquanto o segundo ainda embarcava. E, finalmente, quando consegui embarcar, um garoto ainda ficou me empurrando… Eu disse PERAÍ NÉ, mas claro que fui ignorado e continuou empurrando (aquele momento que eu fico meia hora conferindo meu saldo na maquininha do Riocad).

O dia foi supimpa, teve suco de maracujá no bom restaurante do cetem, cheguei depois da van, mas tudo bem, o importante foi que cheguei bem depois da van, então não tomei aquele susto de um milhão de pessoas chegarem antes que eu na fila e o trabalho não rendeu muito (tava com muito sono porque estava virado) até que deu uma caminhada e, quando voltei, umas simulações começaram a dar certo (mas fiquei chateado porque deviam ter me falado pra fazer as coisas na protoboard, aquela coisa de adiantar e partir direto pra placa acabou que me atrasou e, naturalmente, vo ouvir, espero que não seja demitido justamente quando a bolsa vai aumentar 20 reais #ESTOURICO) e no momento em que ia render muito mais, sem as aulas (e, possivelmente, com menos aulas no próximo período (espera-se que eletivas não dêem trabalho, mas é o déu…))

Na volta, decidi ousar, superar meu toc, fazer uma babaquice diferente (mudar o caminho tá sendo difícil já que as linhas madureira e zona sul apresentam probleminhas de som ambiente constantemente, o que elimina o 910 e o 485 das maluquices das quais me arrependo), peguei o mesmo caminho de sempre, mas desci na Pau Ferro, e já tinha um pressentimento que isso ia ser uma estupidez sem tamanho, mas tinha um plano B. Só que o que eu não esperava é que ia cair uma tempestade torrencial enquanto esperava infinitamente pelo 732, sem a chance de eu andar até a Três Rios ou até a Geremário, pois chovia muito. Em poucos minutos, a rua estava alagada e os carros aquaplanando. Todos os poucos ônibus que passavam paravam muito bem para os passageiros, algo peculiar, já que a maioria caga, mas nenhum me servia, ali só servia o 732, eu tinha consciência que ia ser uma merda esperar por ele, mas o que me fudeu mesmo foi a chuva. Sem chances de eu sair por ai andando. Fui para um outro ponto de ônibus, dessa vez abrigado. Esperei um pouco, dando uma última chance ao maldito 732, mas já tava na cara o que ia acontecer… Quando ele finalmente chegou, fiz sinal e passou direto. Pirei cara. A mulher deu um aviso delicado, como se servisse pra alguma coisa “o 732 não para mais aqui…” AH É MINHA SENHORA PORQUE EU NÃO TO VENDO NENHUMA PLACA AQUI AVISANDO ISSO, EU NÃO MORO AQUI, EU NUNCA PEGUEI ÔNIBUS AQUI SÓ QUERIA OUSAR UM POUCO NO MEU ÚLTIMO DIA E VIU A MERDA QUE DEU “…mas ele podia ter dada uma chance pela chuva” FODA-SE. Atravessei a rua com o sinal aberto, businaram, ameaçaram me atropelar, veio um ônibus para a centro da Freguesia, eu nem peguei, tava cheio demais, então andei feito um maluco, rápido  e sem olhar cruzamentos até a Geremário. Tinha 10 minutos para o bilhete único e não tava disposto a pagar mais uma passagem e enriquecer essas empresas de merda . Veio um rio das trevas para minha casa, claro que nem na merda eu pego esse ônibus e PARA EVITAR ABORRECIMENTOS, peguei um que deixa perto, mas não exatamente na minha casa, o BOM 346. Consegui bilhetar, mas, para coroar o dia, tinha pagode ambiente. Fiquei bem nervoso, queria perguntar ao cara porque ele simplesmene não põe um fone, acabou que desci 3 pontos antes do que eu queria mesmo, num momento de calmaria, atravessei a rua no pedestre piscando numa velocidade abaixo do que eu normalmente atravessaria e ouvi muitas businas (inclusive um motoqueiro riu quando eu tava iniciando travessia e ele se mandou ainda no vermelho pra ele, mas moto moto né produção) e gente que realmente tá disposta a matar uma pessoa aí pra ganhar alguns segundos preciosos. Mas senhores, é essa a sensação que eu tenho quando vocês avançam o sinal, só que eu não posso passar por cima de vocês! É uma sensação muito pior, de incapacidade, de decepção.  E, já na reta final para minha casa, começou – de novo – a chuver forte, então corri, porque não tava disposto a levar a terceira chuva na cabeça.

Descer na pauferro acabou que foi uma burrice mesmo, podia ter ficado na Geremário esperando o 732 também, se ele não viesse, não ia ter que andar e o plano B ia ser bem mais fácil… Minha estupidez. E tudo isso porque eu queria evitar o aborrecimento de ter como opções os rio das trevas e o BOM 636. E estar num lugar diferente. Antes tivesse descido e ido a pé no rancho verde, como sempre, ia pegar chuva do mesmo jeito e ia o aborrecimento com travessia de sinais já está implícito. Evite ônibus no RJ.

Então fica ai o serviço de informação social de que o ponto na Pau Ferro, em frente ao Wizard, não funciona mais para o 732. Deve ser ponto exclusivo do BRS7, não serve para o corredor Transfreguesia, só para o Transgrajaú (não, essas coisas não existem, estou sendo sarcástico).

pau ferro 

detalhe do ponto de ônibus onde não pára o 732

fica em frente ao Wizard

*ao som de The Outfield (For You), Hall & Oates (Say It isn’t So), Michael Jackson (Bira e The Girl is mine) e Katy Perry (California Gurls e Circle the Drain)

Anúncios

Uma resposta para “Fechando o período em alto estilo…

  1. Pingback: Dia do Rock / “Espetacular” Homem Aranha | Diário Ácido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s